Conecte-se Conosco

Saúde

A importância do autocuidado para quem é mãe

Publicado

em

A psicóloga Monique Stony explica que é preciso olhar inicialmente para as necessidades básicas da mulher

Quem é mãe sabe que, especialmente nos primeiros anos de vida da criança, é mais difícil conseguir tempo sobrando para cuidar de si mesma, por isso, planejar formas estratégicas de investir em autocuidado é fundamental.

De acordo com Monique Stony, psicóloga, executiva de Recursos Humanos e autora do livro “Vença a Síndrome do Degrau Quebrado”, lançado recentemente pela Editora Gente, é preciso olhar inicialmente para as demandas básicas da mulher. “Gosto, inclusive, de trazer a pirâmide de Maslow para discussão, pois não adianta o parceiro chegar com um presente ou o convite para uma viagem para uma mãe se ela só pensa que precisa dormir. Então temos que partir sempre dessa necessidade básica para falar em autocuidado”, analisa.

Entre as questões relacionadas a necessidades básicas estão a privação de sono, alimentação inadequada e a falta de uma rede de apoio. “A primeira questão, portanto, é pensar em formas de resolver essas demandas. E para fazer isso pode ser necessário ter conversas difíceis com o parceiro ou parceira, já que, muitas vezes, tem a ver com problemas na divisão de tarefas e de responsabilidades no cuidado com a casa e com os filhos. Muitas mulheres não se sentem nem à vontade para negociar um tempo para si mesmas. E quando a gente olha para nosso autocuidado precisamos liderar esse tipo de conversa”, diz.

A psicóloga ressalta que sem uma rede de apoio se torna praticamente impossível falar em autocuidado para quem está exercendo a maternidade. “Por isso é inevitável ter conversas sobre discussão de papéis e responsabilidades dentro de casa”, afirma.

Confira sugestões estratégicas de Monique Stony para começar a colocar o autocuidado na rotina:

  • Comece com as necessidades básicas, avaliando como está o sono e a disposição física. “Quando você olha com atenção para o sono, a alimentação e a atividade física, isso melhora naturalmente diversas outras áreas da vida”.
  • Monte sua rede de apoio e delegue as atividades das quais você pode abrir mão e confiar a outros.
  • Crie rituais para tornar o dia melhor – “Você consegue tomar um café e pensar em motivos para agradecer no dia? Isso ajuda a ampliar a sensação de bem estar. E que tal um banho mais demorado? Combine com o parceiro um dia para poder olhar mais para si”.
  • Pense em algo para fazer quando a criança estiver dormindo ou entretida em outras atividades – “O que você pode fazer por si mesma? Não é só cuidar da casa, planeje um pouco desse tempo para você”.
  • Separe um tempo para meditação e/ou terapia, pois é importante ter com quem conversar e desabafar.
  • Planeje um tempo para fazer uma massagem – ou até mesmo uma automassagem é uma ação de autocuidado.
  • Organize uma saída com amigos ou “Para quem trabalha em casa, vale combinar um café virtual”, recomenda a psicóloga.

Sobre Monique Stony

Monique Stony é psicóloga e possui mais de 15 anos de experiência atuando como executiva de Recursos Humanos em organizações multinacionais e apoiando o desenvolvimento pessoal e profissional de mulheres. Faz parte do grupo Mulheres do Brasil, onde atua como mentora de carreira de jovens negras. Criou o canal @maesnalideranca no Instagram onde mostra o dia a dia, os desafios e as estratégias da mulher moderna na realização de seus objetivos pessoais e profissionais. Oferece serviços de mentoria, além de palestras e treinamentos corporativos para a liderança e escritora do livro best-seller “Vença a Síndrome do Degrau Quebrado”, que tem como propósito ajudar mulheres a conciliarem carreira e maternidade.

Graduada em psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Mestre em Administração com ênfase em Estratégia pelo COPPEAD/UFRJ, além de ter participado de cursos internacionais de educação executiva e aprimoramento profissional em instituições como Stanford, INSEAD e Beck Institute. Monique foi reconhecida duas vezes como um dos profissionais de Recursos Humanos mais admirados do país pela Instituição Gestão RH.  Para mais informações, acesse www.moniquestony.com.br  e https://www.instagram.com/maesnalideranca/

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Dr Victor Gebrim especialista em Mentoplastia a cirurgia que tem a finalidade de aumentar, reduzir e remodelar o queixo

Publicado

em

De

Mentoplastia é a cirurgia que tem a finalidade de aumentar, reduzir ou remodelar o queixo, visando melhorar a harmonia facial. Este procedimento costuma ser realizado após o crescimento facial completo, que costuma ocorrer após os 16, 18 anos.

A cirurgia de Mentoplastia é comumente associada à Rinoplastia, proporcionando um equilíbrio mais harmônico da face e resultados mais satisfatórios. A Mentoplastia pode ser realizada por diferentes técnicas, conforme a necessidade e desejo do paciente.

Para o aumento do queixo, é possível a realização com preenchimento de ácido hialurônico ou enxerto de gordura, com a utilização de implantes (próteses) de silicone, ou polietileno poroso (Porex ou Medpor), ou com o avanço ósseo.

A cirurgia plástica do queixo é considerada um procedimento cujo pós-operatório é, praticamente, indolor e de rápida recuperação. Nos primeiros dias após a cirurgia pode haver um pouco de inchaço, equimoses (roxos) e incômodo na região do queixo e pescoço.

É aconselhada uma dieta com alimentos frios, líquidos e pastosos nos 3 primeiros dias, progredindo nos próximos dias. Após 1 semana, já é possível retomar a rotina de trabalho ou estudo — entretanto, as atividades físicas devem aguardar pelo menos 3 semanas.
É orientado ao paciente que realize compressas frias na região do queixo e pescoço, durma de barriga para cima, além de evitar a exposição direta ao sol por 30 dias.

Os pontos não precisam ser retirados, pois são realizados com fios absorvíveis, sendo degradados pelo próprio organismo. O resultado final é obtido entre 3 a 6 meses após a realização da cirurgia.


Endereço:
CLÍNICA FK – Av. Pres. Juscelino Kubitschek, N°1545 – Conj. 117/118 – Vila Nova Conceição, São Paulo (SP).
CEP: 04543-010

Continue lendo

Saúde

Alerta do Dr. Josué Montedonio: Modismos em Cirurgias Plásticas Podem Deixar Cicatrizes Permanentes

Publicado

em

De

O caso recente da modelo Jessie Carr, que se tornou viral após uma cirurgia plástica malsucedida, ressalta um debate importante sobre os riscos das intervenções estéticas que se tornam modismos devido à influência de celebridades e influenciadoras.

Jessie Carr submeteu-se a uma série de procedimentos para levantar o olhar, incluindo a popular técnica conhecida como “Fox eyes”. No entanto, o resultado final a deixou comparada ao personagem Megamente, com suas têmporas visivelmente inchadas e uma testa que parecia dobrar de tamanho.

O cirurgião plástico Dr. Josué Montedonio adverte sobre os perigos dos modismos em cirurgias plásticas, enfatizando que a aceitação de nossas imperfeições é fundamental. Ele destaca que, embora o desejo pela perfeição seja compreensível, é importante entender que modismos são passageiros, mas as cicatrizes podem ser permanentes.

“Se aceitar não é se conformar”, ressalta o Dr. Montedonio, destacando a importância de avaliar todas as consequências antes de se submeter a qualquer procedimento estético. Ele enfatiza a necessidade de uma abordagem holística que inclua uma dieta saudável, mudança de hábitos de vida, cuidados com a pele e exercícios físicos.

O especialista alerta que a ilusão criada por influenciadoras e modelos na internet pode levar as pessoas a decisões precipitadas e irreversíveis. O fenômeno “Fox eyes”, por exemplo, pegou muitos de surpresa, levando a uma corrida aos consultórios médicos sem uma compreensão adequada dos riscos envolvidos.

Em última análise, o Dr. Montedonio destaca a importância de tomar decisões informadas e conscientes quando se trata de procedimentos estéticos, priorizando a saúde e o bem-estar a longo prazo.

Instagram: https://www.instagram.com/jmontedonio?igsh=NmlrbnA3NGQxeG9h

Continue lendo

Saúde

Desafiando os padrões: Além dos valores de referência na saúde

Publicado

em

De

Dr. Marcelo Antonio destaca a prática comum entre os profissionais de saúde de avaliar exames dentro dos valores de referência padrão. No entanto, ele levanta questionamentos relevantes, como a variação individual nos níveis de testosterona e vitamina B12. A indagação central é se uma pessoa com valores dentro da faixa de referência é tão saudável quanto outra com valores mais elevados ou se há necessidade de uma abordagem personalizada.

O médico enfatiza a importância da prevenção para evitar intervenções futuras, defendendo a autonomia na gestão da própria saúde. Destaca que a inflamação crônica pode impactar significativamente a perda de peso, indo além da simples manutenção de uma alimentação equilibrada. O ambiente em que vivemos, incluindo relacionamentos e ambiente de trabalho, também é considerado, com o aumento do cortisol associado ao estresse sendo identificado como um obstáculo ao emagrecimento.

O médico destaca a relação entre o consumo de álcool e o processo de emagrecimento, ressaltando a importância de considerar o impacto da ingestão de bebidas alcoólicas, mesmo em quantidades aparentemente moderadas. O alerta é feito com base em cálculos simples sobre o consumo mensal de cerveja, destacando como esse hábito pode afetar os objetivos de perda de peso.

Dr. Marcelo Antonio conclui, mencionando a necessidade de avaliar diversos fatores que contribuem para o processo inflamatório, a fim de garantir uma abordagem de emagrecimento sustentável e promover a remissão de condições associadas, como a obesidade.

Instagram: drmarceloantonio

Continue lendo

Destaque