Conecte-se Conosco

Saúde

Afinal, o que é saúde mental?

Publicado

em

Psiquiatra explica como as coisas simples da rotina podem ter grande impacto sobre ela

A saúde mental é um componente vital do bem-estar geral humano. Uma pesquisa recente da Ipsos ( explicar o que é )  revelou um aumento significativo na preocupação dos brasileiros com o tema nos últimos quatro anos. Os resultados apontam que 49% das pessoas no país apresentam inquietudes relacionadas a doenças como ansiedade e depressão, uma das maiores taxas do mundo.

O Dr. Caio Gibaile, renomado médico psiquiatra, consultor e palestrante, explica a importância desse pilar para a qualidade de vida da população. “O ser humano é um ser social, por definição. Evoluímos como espécie porque interagimos e colaboramos uns com os outros. Por isso, fica evidente que um transtorno que afeta primariamente a habilidade de interação e de comunicação traz múltiplos prejuízos na qualidade de vida de uma pessoa, por exemplo”, afirma o médico.

Ele ressalta que o diagnóstico de problemas dessa esfera ocorre quando os sintomas começam a impactar negativamente a vida da pessoa. Às vezes, só é possível notar o quadro no momento em que as demandas do ambiente ultrapassam a capacidade de adaptação daquele indivíduo.

Nesse contexto, cuidar da saúde mental diariamente é essencial para promover o bem-estar. A dica é começar buscando a orientação de um profissional da área, como um psicólogo ou psiquiatra, para entender melhor os desafios pessoais. Além disso, praticar o autocuidado, que envolve atividades como meditação, exercícios físicos e hobbies, ajuda a promover o relaxamento.

Manter uma rotina diária com sono adequado, alimentação saudável e atividade física também é crucial, além das conexões sociais saudáveis. Somado a isso, uma alimentação balanceada e a moderação no consumo de cafeína, álcool e açúcar são importantes ações para manter a saúde mental. “Defina metas realistas, cuide da sua autoestima e desenvolva estratégias para lidar com pensamentos negativos”, completa.

É importante ressaltar que cada pessoa é única e o que funciona para um pode não ser adequado para outro. “Portanto, busque ajuda profissional para determinar a melhor abordagem para suas necessidades individuais. A combinação de terapia, mudanças no estilo de vida e, em alguns casos, medicamentos, pode ser a chave para melhorar a sua saúde mental”, diz o especialista.

O Dr. Caio Gibaile destaca ainda a necessidade em oferecer apoio empático para aqueles que enfrentam desafios relacionados à saúde mental. Ele enfatiza que a promoção da saúde mental requer esforços contínuos e multifacetados.

Sobre o Dr. Caio Gibaile

Graduado pela Universidade de Brasília, o Dr. Caio Gibaile é médico psiquiatra com subespecialidade na área de psiquiatria forense, consultor empresarial, palestrante e fundador da Gênios Brasileiros, empresa de educação que busca, através da promoção do autoconhecimento, desenvolver as habilidades dos jovens do nosso país.

Saiba mais em:

@drcaiogibaile

Saúde

Dr Victor Gebrim especialista em Mentoplastia a cirurgia que tem a finalidade de aumentar, reduzir e remodelar o queixo

Publicado

em

De

Mentoplastia é a cirurgia que tem a finalidade de aumentar, reduzir ou remodelar o queixo, visando melhorar a harmonia facial. Este procedimento costuma ser realizado após o crescimento facial completo, que costuma ocorrer após os 16, 18 anos.

A cirurgia de Mentoplastia é comumente associada à Rinoplastia, proporcionando um equilíbrio mais harmônico da face e resultados mais satisfatórios. A Mentoplastia pode ser realizada por diferentes técnicas, conforme a necessidade e desejo do paciente.

Para o aumento do queixo, é possível a realização com preenchimento de ácido hialurônico ou enxerto de gordura, com a utilização de implantes (próteses) de silicone, ou polietileno poroso (Porex ou Medpor), ou com o avanço ósseo.

A cirurgia plástica do queixo é considerada um procedimento cujo pós-operatório é, praticamente, indolor e de rápida recuperação. Nos primeiros dias após a cirurgia pode haver um pouco de inchaço, equimoses (roxos) e incômodo na região do queixo e pescoço.

É aconselhada uma dieta com alimentos frios, líquidos e pastosos nos 3 primeiros dias, progredindo nos próximos dias. Após 1 semana, já é possível retomar a rotina de trabalho ou estudo — entretanto, as atividades físicas devem aguardar pelo menos 3 semanas.
É orientado ao paciente que realize compressas frias na região do queixo e pescoço, durma de barriga para cima, além de evitar a exposição direta ao sol por 30 dias.

Os pontos não precisam ser retirados, pois são realizados com fios absorvíveis, sendo degradados pelo próprio organismo. O resultado final é obtido entre 3 a 6 meses após a realização da cirurgia.


Endereço:
CLÍNICA FK – Av. Pres. Juscelino Kubitschek, N°1545 – Conj. 117/118 – Vila Nova Conceição, São Paulo (SP).
CEP: 04543-010

Continue lendo

Saúde

Alerta do Dr. Josué Montedonio: Modismos em Cirurgias Plásticas Podem Deixar Cicatrizes Permanentes

Publicado

em

De

O caso recente da modelo Jessie Carr, que se tornou viral após uma cirurgia plástica malsucedida, ressalta um debate importante sobre os riscos das intervenções estéticas que se tornam modismos devido à influência de celebridades e influenciadoras.

Jessie Carr submeteu-se a uma série de procedimentos para levantar o olhar, incluindo a popular técnica conhecida como “Fox eyes”. No entanto, o resultado final a deixou comparada ao personagem Megamente, com suas têmporas visivelmente inchadas e uma testa que parecia dobrar de tamanho.

O cirurgião plástico Dr. Josué Montedonio adverte sobre os perigos dos modismos em cirurgias plásticas, enfatizando que a aceitação de nossas imperfeições é fundamental. Ele destaca que, embora o desejo pela perfeição seja compreensível, é importante entender que modismos são passageiros, mas as cicatrizes podem ser permanentes.

“Se aceitar não é se conformar”, ressalta o Dr. Montedonio, destacando a importância de avaliar todas as consequências antes de se submeter a qualquer procedimento estético. Ele enfatiza a necessidade de uma abordagem holística que inclua uma dieta saudável, mudança de hábitos de vida, cuidados com a pele e exercícios físicos.

O especialista alerta que a ilusão criada por influenciadoras e modelos na internet pode levar as pessoas a decisões precipitadas e irreversíveis. O fenômeno “Fox eyes”, por exemplo, pegou muitos de surpresa, levando a uma corrida aos consultórios médicos sem uma compreensão adequada dos riscos envolvidos.

Em última análise, o Dr. Montedonio destaca a importância de tomar decisões informadas e conscientes quando se trata de procedimentos estéticos, priorizando a saúde e o bem-estar a longo prazo.

Instagram: https://www.instagram.com/jmontedonio?igsh=NmlrbnA3NGQxeG9h

Continue lendo

Saúde

Desafiando os padrões: Além dos valores de referência na saúde

Publicado

em

De

Dr. Marcelo Antonio destaca a prática comum entre os profissionais de saúde de avaliar exames dentro dos valores de referência padrão. No entanto, ele levanta questionamentos relevantes, como a variação individual nos níveis de testosterona e vitamina B12. A indagação central é se uma pessoa com valores dentro da faixa de referência é tão saudável quanto outra com valores mais elevados ou se há necessidade de uma abordagem personalizada.

O médico enfatiza a importância da prevenção para evitar intervenções futuras, defendendo a autonomia na gestão da própria saúde. Destaca que a inflamação crônica pode impactar significativamente a perda de peso, indo além da simples manutenção de uma alimentação equilibrada. O ambiente em que vivemos, incluindo relacionamentos e ambiente de trabalho, também é considerado, com o aumento do cortisol associado ao estresse sendo identificado como um obstáculo ao emagrecimento.

O médico destaca a relação entre o consumo de álcool e o processo de emagrecimento, ressaltando a importância de considerar o impacto da ingestão de bebidas alcoólicas, mesmo em quantidades aparentemente moderadas. O alerta é feito com base em cálculos simples sobre o consumo mensal de cerveja, destacando como esse hábito pode afetar os objetivos de perda de peso.

Dr. Marcelo Antonio conclui, mencionando a necessidade de avaliar diversos fatores que contribuem para o processo inflamatório, a fim de garantir uma abordagem de emagrecimento sustentável e promover a remissão de condições associadas, como a obesidade.

Instagram: drmarceloantonio

Continue lendo

Destaque