Conecte-se Conosco

Negócios

Como não ser escrava do seu escritório de advocacia

Publicado

em

A advogada e empreendedora serial Andressa Gnann dá orientações para as mulheres advogadas que querem ter sucesso na área

O sucesso de um escritório de advocacia não acontece por acaso. É preciso ter um bom planejamento estratégico, habilidades eficazes de gestão, marketing e vendas, além de, é claro,  compromisso com a excelência e especialidade. Muitas advogadas sentem dificuldade ao entrarem no mercado de trabalho e até desistem da profissão. Para mudar esse cenário é preciso pensar na advocacia como um empreendimento como qualquer outro.

Segundo Andressa Gnann, advogada expert em Direito de Família para mulheres e sócia fundadora do escritório Gnann e Souza Advogados, a advocacia por si só possui grande concorrência. Ela explica que, no Brasil, há mais de 1 milhão de advogados, sendo que, no caso das advogadas mulheres, muitas vezes, além do trabalho, ainda precisam dar conta de casa, filhos e estudos. “Elas ficam sobrecarregadas e tendem a desistir. Isso acontece em todas as profissões. E sabemos como é difícil o início da advocacia! Para quem ainda concilia com a maternidade, como é meu caso, sobreviver e se manter na advocacia é uma arte”, argumenta.

De acordo com Andressa, quem pretende seguir com a profissão de forma autônoma e quer ter flexibilidade para conciliar carreira com a maternidade, deve investir em alguns pontos iniciais importantes. “Primeiramente, entenda que seu escritório de advocacia é uma empresa, mesmo que você trabalhe sozinha. Aprenda a técnica sobre um nicho ou uma área específica, mas acima de tudo, aprenda sobre gestão e marketing ou tenha um sócio(a) que a complemente”, explica.

Para a advogada, gestão, marketing, vendas e foco em uma especialidade são fundamentais para o escritório se manter competitivo frente à concorrência. “Ainda existem muitos advogados que não entenderam como é a nova advocacia e acreditam que saber a técnica é suficiente”, diz.

A advogada e empreendedora também reforça a importância do networking. “Existem três formas de networking que ajudam para o crescimento. A primeira é estar nos lugares em que seus clientes estão; a segunda é ter parceiros em outras áreas; e a terceira é ter mentores, pessoas que já passaram pelo o que você passou e que cresceram na área. Esqueça aquela competitividade desnecessária que nos é passada desde a faculdade. Se inspire e cresça mais rápido, você não precisa reinventar a roda”, sugere.

Outro ponto relevante mencionado pela fundadora do escritório Gnann e Souza Advogados é o investimento em marketing. “É fundamental desenvolver uma presença forte na internet para atrair clientes e mostrar o que o escritório pode oferecer, tudo isso, dentro das regras da OAB. Além disso, mantenha sempre uma comunicação clara e transparente com os clientes, de forma com que eles sintam confiança em seu trabalho”, conclui.

Sobre Andressa Gnann

Andressa Gnann é mãe, advogada, empreendedora serial, com paixão pela instrução e empoderamento feminino. Também é reconhecida por suas habilidades de liderança, ética, resolução de problemas, criatividade e principalmente como estrategista. É sócia fundadora do escritório Gnann e Souza Advogados que é expert em Direito de Família para mulheres e referência nacional, reconhecido como Melhores do Ano em Advocacia e Justiça e com prêmio Quality Justiça. Ela já ajudou a mudar a vida de milhares de famílias, Para mais informações, acesse o site ou pelo instagram.

Negócios

Giovana Rassen: A Sensibilidade Através das Lentes em Goiânia-Goiás

Publicado

em

De

Da Técnica à Emoção: O Elogiado Trabalho de Giovana Rassen

Nos últimos meses, uma talentosa fotógrafa tem conquistado o coração dos moradores de Goiânia com seu olhar sensível e suas imagens encantadoras. Giovana Rassen, uma profissional dedicada, tem se destacado no cenário fotográfico local, principalmente no nicho que captura a essência e a espontaneidade das crianças.

Com uma abordagem única, Giovana traz uma perspectiva diferenciada para a fotografia infantil. Suas imagens não são apenas registros estáticos, mas narrativas visuais que contam histórias, capturando a pureza e a energia das crianças em seu ambiente natural. A habilidade de Giovana em criar conexões autênticas com seus pequenos modelos reflete-se na autenticidade que transparece em suas fotografias.

A fotógrafa, que iniciou sua carreira há alguns anos, tem se dedicado a explorar os encantos e desafios da fotografia infantil. Com um olhar atento aos detalhes, ela busca retratar a inocência e a curiosidade das crianças, transformando momentos cotidianos em obras de arte emocionantes.

Além disso, Giovana Rassen tem utilizado as redes sociais para compartilhar seu trabalho e interagir com o público. Seu perfil no Instagram, por exemplo, tornou-se uma plataforma onde os admiradores podem apreciar suas últimas criações e conhecer um pouco mais sobre o processo criativo por trás das fotografias.

A notoriedade de Giovana vai além das redes sociais, alcançando reconhecimento em exposições locais e eventos dedicados à arte visual. Seu trabalho tem sido elogiado não apenas pela técnica refinada, mas também pela capacidade de criar atmosferas que despertam emoções genuínas.

Em uma cidade onde a fotografia é uma forma de expressão artística em ascensão, Giovana Rassen se destaca como uma representante talentosa e inspiradora do cenário fotográfico em Goiânia. Seu comprometimento em capturar a essência única da infância através de suas lentes continua a conquistar admiradores e a solidificar seu lugar no universo artístico da região.

Para mais informações entre em contato:

Agência: SEO NOTÍCIAS  @googlenoticias

Whats app: +55 44 3200-1392

Continue lendo

Negócios

Comunicador de Elite: Reúne grandes nomes experts no mercado digital

Publicado

em

De

Flavio Augusto, Marcos Strider, André Diamond, Daniel Coimbra, entre outros, estarão reunidos no palco com um único objetivo: te destravar no digital com grandes estratégias que mudaram sua vida pessoal e profissional.

Você sabe por que a maioria dos empresários, empreendedores, médicos e profissionais de modo geral, entusiastas e influenciadores tem dificuldades em estourar no digital e se destacar na sua área de atuação?

Pensando em transformar a vida de milhares de pessoas, o psicólogo, empresário e empreendedor Marcos Strider fundou o evento “Comunicador de Elite” que garante fazer desse desafio uma grande oportunidade.

“Neste evento você terá seus dias de timidez, vergonha e medo de se expor em vídeos na internet contados para acabar e fazer de 2024 o que era pra ser feito nos últimos anos do seu negócio: Se digitalizar dominando o único diferencial competitivo no mercado atual: Destravar a sua personalidade e comunicação magnética sendo 100% VOCÊ.” Afirma Strider.

Voltado para profissionais autônomos, empresários, influenciadores, entusiastas e líderes que visam desbravar as fronteiras do mundo digital, ocorrerá nos dias 09 e 10 de Março, em Recife, no Teatro Guararapes, pra um público esperado de mais de 2.000 pessoas, entre Empresários, Empreendedores, Profissionais autônomos, Especialistas, Criadores de conteúdo e Entusiastas do marketing digital.

Sob o tema “Domine o palco de sua vida” o evento busca estratégias e Tendências de Comunicação e Vendas para 2024.
Site: https://www.comunicadordeelite.com.br

Continue lendo

Negócios

Mickey Mouse em domínio público?

Publicado

em

De

No segundo semestre de 2020 eu escrevi um artigo, amplamente publicado no Brasil, sobre a possibilidade do filme Steamboat Willie  “cair” em domínio público, uma vez que o prazo de vigência dos seus direitos autorais estava para expirar em poucos anos.

Na época, havia dúvida se a Disney, titular dos direitos do filme, tomaria alguma ação junto ao Congresso norte-americano para, mais uma vez, buscar alteração da lei autoral, permitindo, dessa forma, que se prolongasse seus direitos, diante da dilação do prazo de validade dos direitos autorais nos Estados Unidos.

A verdade é que no início de janeiro deste ano, o longa Steamboat Willie “caiu” em domínio público. E agora, é possível explorar o Mickey Mouse, ou seja, usar, livremente, a imagem do personagem mais conhecido do mundo?

Antes de responder a essa pergunta, é preciso entender sobre as proteções intelectuais. A Propriedade Intelectual, se divide em: 1) Propriedade Industrial, que inclui os direitos sobre as marcas, patentes, desenhos industriais, 2) Direitos Autorais, compreendendo os direitos do autor, direitos conexos e programas de computador e, por fim, 3) Sui Generis que engloba topografia de circuitos integrados, cultivares, dentre outros.

Isso quer dizer que a Disney perdeu o direito de exploração exclusiva dos direitos autorais do filme Steamboat Willie, o qual perdurou por 95 anos, logo, obra de 1928 pode ser copiada e reproduzida, sem permissão.

Mas e o Mickey Mouse? Bem, o ratinho mais amado do mundo tem proteção industrial, através do registro de marca, portanto, ele não está disponível para uso, sem a licença da sua titular, a Disney. Aliás, é bem importante dizer que as marcas têm validade por 10 anos, porém, podem ter seus registros renovados, por igual período, eternamente e, no caso dos Estados Unidos, a lei exige que elas sejam usadas para receber o direito a prorrogação.

Por isso, é importante deixar claro que a versão de 1928 do filme Steamboat Willie que está disponível para exploração livre, mas, o Mickey Mouse ainda é uma celebridade e para usar a sua imagem, exige a licença da Disney.

Roberta Minuzzo

Advogada, especialista em Propriedade Intelectual

Sócia da empresa DMK.GROUP, empresa atuante em Propriedade Intelectual

Associada à ABAPI – Associação Brasileira de Propriedade Industrial

Continue lendo

Destaque