Conecte-se Conosco

Saúde

Empresas buscam acompanhamento psicológico para evitar burnout de colaboradores

Publicado

em

Com aumento exponencial nos últimos anos, a Síndrome do Burnout já afeta 18% dos trabalhadores brasileiros, segundo estudo da USP  

 

O bem-estar dos colaboradores tem se tornado uma preocupação crescente para as empresas em todo o mundo. Com a ascensão do trabalho remoto, a pandemia da COVID-19 e a intensificação das demandas profissionais, o risco de burnout – um estado de exaustão física e mental causado pelo esgotamento no trabalho – tem ocorrido com mais frequência entre os trabalhadores. Segundo pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo, 18% brasileiros já sofreram com burnout, e o número é maior ainda entre as pessoas com menos de 30 anos. Nesse contexto, cada vez mais organizações estão investindo em programas de acompanhamento psicológico para seus colaboradores, visando prevenir e tratar o burnout.

“O burnout é um problema complexo que pode afetar significativamente a saúde mental e emocional dos funcionários, além de diminuir sua produtividade e satisfação no trabalho”, afirma Josi Miranda, psicóloga e proprietária da Clínica Miranda Health. Com o objetivo de combater essa realidade preocupante, as empresas estão adotando uma abordagem proativa, implementando serviços de acompanhamento psicológico como parte de suas estratégias de gestão de talentos.

A Miranda Health atua diretamente nas empresas por meio de atividades em grupo, palestras e treinamentos comportamentais de longa duração voltados para a prevenção e promoção da saúde mental. Nos últimos anos, viu sua agenda de clientes corporativos crescer consideravelmente. 

“A abordagem de acompanhamento psicológico nas empresas não apenas visa tratar o burnout quando ele já está presente, mas também se concentra na prevenção, por meio da promoção de uma cultura de autocuidado e equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Além disso, as organizações estão incentivando a comunicação aberta e transparente, fornecendo recursos de bem-estar e promovendo práticas saudáveis de trabalho”, explica Miranda.

Segundo a especialista, o investimento em programas de acompanhamento psicológico pode ter um impacto significativo na redução do burnout, aumentando o engajamento dos colaboradores e melhorando o clima organizacional. À medida que mais empresas compreendem a importância do cuidado com a saúde mental no ambiente de trabalho, a demanda por esses serviços tem aumentado consideravelmente.

Uma pesquisa global da consultoria McKinsey revelou que ações mais estruturadas de apoio à saúde mental no ambiente de trabalho estão associadas a taxas maiores de retorno ao serviço depois de licenças relacionadas a estresse, ansiedade, burnout e outros problemas do tipo. Ainda de acordo com o estudo, as razões mais comuns para as companhias investirem em programas de saúde mental são: aumentar produtividade, elevar os níveis de satisfação das pessoas e atrair profissionais talentosos. 

“Estamos vendo um crescente reconhecimento por parte das empresas de que a saúde mental dos colaboradores é essencial para o sucesso e o bem-estar geral da organização”, afirma a especialista. “O acompanhamento psicológico oferece uma abordagem eficiente para lidar com o burnout, ajudando os colaboradores a desenvolverem habilidades de resiliência, equilíbrio e autoconhecimento.”

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Drogaria União em Aruanã: Protegendo a Saúde dos Banhistas nas Margens do Rio Araguaia

Publicado

em

De

Sol, Rio e Saúde: Como a Drogaria União Protege os Banhistas de Aruanã

No coração de Aruanã, Goiás, entre a exuberante beleza natural que o Rio Araguaia oferece, ergue-se um pilar essencial de cuidados de saúde: a Drogaria União. Esta farmácia não é apenas um ponto de venda de medicamentos, mas sim um lugar confiável para os moradores locais e os turistas que desfrutam das águas refrescantes do rio, especialmente durante a alta temporada, quando o turismo atinge seu auge.

Disque entrega

Enquanto os banhistas se deleitam nas águas cristalinas do Rio Araguaia, é crucial lembrar da importância dos cuidados com a saúde da pele, especialmente sob o sol do cerrado. Os raios UV podem ser implacáveis, causando danos à pele e aumentando o risco de queimaduras solares e até mesmo câncer de pele. É aqui que a Drogaria União desempenha um papel vital.

Com uma variedade de produtos de proteção solar, incluindo protetores solares de amplo espectro, loções pós-sol e hidratantes corporais com fator de proteção, a Drogaria União se destaca como uma aliada indispensável na promoção da saúde da pele. Seus farmacêuticos confiáveis estão sempre prontos para orientar os banhistas sobre a

escolha do protetor solar mais adequado ao seu tipo de pele e estilo de vida, garantindo uma proteção eficaz contra os danos do sol.

Além dos protetores solares, a Drogaria União oferece uma variedade de produtos para cuidados com a pele, incluindo cremes hidratantes, loções corporais e produtos pós-sol, que ajudam a nutrir e proteger a pele após a exposição ao sol.

A presença dos farmacêuticos da Drogaria União não apenas oferece produtos, mas também promove a conscientização sobre a importância dos cuidados com a pele e os perigos da exposição excessiva ao sol.

Eles estão sempre disponíveis para fornecer conselhos especializados e orientações personalizadas, garantindo que os banhistas possam desfrutar das águas refrescantes do Rio Araguaia com segurança e tranquilidade.

Em meio à serenidade das águas do Araguaia, a Drogaria União se destaca como um farol de cuidados de saúde, protegendo não apenas os corpos, e os sorrisos dos banhistas que buscam o sol e a diversão. Com seus produtos de proteção solar e a orientação especializada de seus farmacêuticos, esta farmácia desempenha um papel essencial na promoção da saúde da pele e no bem-estar da comunidade de Aruanã e de todos aqueles que encontram refúgio em suas águas.

Para mais informações entre em contato: Agência: SEO NOTÍCIAS @googlenoticias

Whats app: +55 44 3200-1392

Continue lendo

Saúde

Dr Victor Gebrim especialista em Mentoplastia a cirurgia que tem a finalidade de aumentar, reduzir e remodelar o queixo

Publicado

em

De

Mentoplastia é a cirurgia que tem a finalidade de aumentar, reduzir ou remodelar o queixo, visando melhorar a harmonia facial. Este procedimento costuma ser realizado após o crescimento facial completo, que costuma ocorrer após os 16, 18 anos.

A cirurgia de Mentoplastia é comumente associada à Rinoplastia, proporcionando um equilíbrio mais harmônico da face e resultados mais satisfatórios. A Mentoplastia pode ser realizada por diferentes técnicas, conforme a necessidade e desejo do paciente.

Para o aumento do queixo, é possível a realização com preenchimento de ácido hialurônico ou enxerto de gordura, com a utilização de implantes (próteses) de silicone, ou polietileno poroso (Porex ou Medpor), ou com o avanço ósseo.

A cirurgia plástica do queixo é considerada um procedimento cujo pós-operatório é, praticamente, indolor e de rápida recuperação. Nos primeiros dias após a cirurgia pode haver um pouco de inchaço, equimoses (roxos) e incômodo na região do queixo e pescoço.

É aconselhada uma dieta com alimentos frios, líquidos e pastosos nos 3 primeiros dias, progredindo nos próximos dias. Após 1 semana, já é possível retomar a rotina de trabalho ou estudo — entretanto, as atividades físicas devem aguardar pelo menos 3 semanas.
É orientado ao paciente que realize compressas frias na região do queixo e pescoço, durma de barriga para cima, além de evitar a exposição direta ao sol por 30 dias.

Os pontos não precisam ser retirados, pois são realizados com fios absorvíveis, sendo degradados pelo próprio organismo. O resultado final é obtido entre 3 a 6 meses após a realização da cirurgia.


Endereço:
CLÍNICA FK – Av. Pres. Juscelino Kubitschek, N°1545 – Conj. 117/118 – Vila Nova Conceição, São Paulo (SP).
CEP: 04543-010

Continue lendo

Saúde

Alerta do Dr. Josué Montedonio: Modismos em Cirurgias Plásticas Podem Deixar Cicatrizes Permanentes

Publicado

em

De

O caso recente da modelo Jessie Carr, que se tornou viral após uma cirurgia plástica malsucedida, ressalta um debate importante sobre os riscos das intervenções estéticas que se tornam modismos devido à influência de celebridades e influenciadoras.

Jessie Carr submeteu-se a uma série de procedimentos para levantar o olhar, incluindo a popular técnica conhecida como “Fox eyes”. No entanto, o resultado final a deixou comparada ao personagem Megamente, com suas têmporas visivelmente inchadas e uma testa que parecia dobrar de tamanho.

O cirurgião plástico Dr. Josué Montedonio adverte sobre os perigos dos modismos em cirurgias plásticas, enfatizando que a aceitação de nossas imperfeições é fundamental. Ele destaca que, embora o desejo pela perfeição seja compreensível, é importante entender que modismos são passageiros, mas as cicatrizes podem ser permanentes.

“Se aceitar não é se conformar”, ressalta o Dr. Montedonio, destacando a importância de avaliar todas as consequências antes de se submeter a qualquer procedimento estético. Ele enfatiza a necessidade de uma abordagem holística que inclua uma dieta saudável, mudança de hábitos de vida, cuidados com a pele e exercícios físicos.

O especialista alerta que a ilusão criada por influenciadoras e modelos na internet pode levar as pessoas a decisões precipitadas e irreversíveis. O fenômeno “Fox eyes”, por exemplo, pegou muitos de surpresa, levando a uma corrida aos consultórios médicos sem uma compreensão adequada dos riscos envolvidos.

Em última análise, o Dr. Montedonio destaca a importância de tomar decisões informadas e conscientes quando se trata de procedimentos estéticos, priorizando a saúde e o bem-estar a longo prazo.

Instagram: https://www.instagram.com/jmontedonio?igsh=NmlrbnA3NGQxeG9h

Continue lendo

Destaque