Conecte-se Conosco

Entretenimento

Jovem MK se junta a Iza Sabino e Laura Sette no novo single “Sempre Vigiando”

Publicado

em

A grande promessa do drill e aposta da KondZilla na música urbana, Jovem MK é cria da Hortolândia, município do interior de São Paulo, e já é uma figura conhecida nas batalhas de rimas. Lançou no último ano a música Favelinha, que faz parte do seu primeiro EP pela KondZilla “Da Viela Pro Mundo”, e já conta com quase 1,5M nos streams. Agora, a artista divulga seu mais novo sucesso, “Sempre Vigiando”, que chega nas plataformas hoje com videoclipe oficial no Canal KondZilla, que soma mais de 66 milhões de inscritos atualmente. 

[ouça aqui]

[assista aqui]

“Sempre Vigiando” é produzida por Fahel, que tem influências musicais diversas em suas produções como Veigh, DaLua, MC Hariel e Kayn. Para esse novo hit, Jovem MK convida a dupla Iza Sabino e Laura Sette, ambas artistas do selo  “Quadrilha”, projeto do cantor Djonga. A música vem trazendo uma inspiração de Jersey Club, que é um gênero de música dance eletrônica, com fortes raízes no hip hop, downtempo, R&B e crunk.

SEMPRE VIGIANDO
Jovem MK, Iza Sabino e Laura Sette
produtor: Fahel

 GG vai ser
Se tu não se esconder
Quando eu chegar
Pra trocar
Eles vão ver
Hoje é 8K
Na conta de quem chamei
Eles vão pirar de ver BH em L.A


É de lei
Todo o meu bonde cobrando o que deve
Na rua a madruga não vira mídia
Eu dando fuga no meu sentimento
Mas vejo que isso isso só me complica
Se eu tentar acabar com isso tudo
Explodo essa porra só com click
Você tá acima da média
Eu posso ta’ acima do tempo
Pediu peso no meu talento
Eu sinto peso do meu passado
Boto trechos que eles chapa
E meu plano já tá bolado
Quando der tempo esgotado
Não passa nada
Não fica um fio
Se eu pegar pra falar da história que tá na memória daria um filme

Daria filme
De suspense e drama
Ficou tão clichê
Como dizer que só me ama
Mal e o bem me quer
Porque sou a ganha
Não arredo o pé
Enquanto tiver todo meu sossego mais que grana 

 

Minha mente neurótica, cria cenário de todas essas merdas que eu já vivi
E meu vício em renascer me faz querer matar todas essas merdas que eu já senti


Acelera na pista, não mosca
Que os porcos já tão na entoca
Fica achando que eu sou da roça
Que assim eu aprendi a caçar


Eu to viva então sigo tentando
Viver isso não tava no plano
Mas pra isso nois ta dedicando
Nois ja corre tipo mili ano

Tô acostumada, não vou render pra fulano
Ciclano fala mal mas se desse tava colando
Conheço o seu tipo, é o que sempre ta sugando
Sai “zika”, Deus é mais
É que eu to sempre vigiando


Olha no meu olho se quiser falar comigo
Eu consigo observar tudo aquilo que não é dito
Medito
E deve ser por isso que eu até consigo
Descansar um pouco enquanto te elimino


Há uns anos atrás eu não tinha nada
Eu tava dura
Menor de idade, sem medo da morte
Sempre fui mais chucra
Uma AK 40 do cano cortado
Jovem, jovem pura
12 anos na bica, 13 dezesseis
Carbura, carbura, carbura, carbura


Essa planta verde dentro da Mercedes
Eu conto esses placo subindo outro base
Lembrando da gente, lembrado de como rendia
De como rendia uma sesh
De como eu girava essa grana no CEP
No fundo da VS não entenderiam
Como que funciona o crime
Essa merda quase me tirou da linha
Eu não tinha medo, jovem não temia
Armada até os dentes, mano, eu não tremia
Eu não saio descalça, eu só saio com uma quadrada na cinta
Se tiver peito, tu vem
Se não tiver melhor poupar sua vida

 

GG vai ser
Se tu não se esconder
Quando eu chegar
Pra trocar
Eles vão ver
Hoje é 8K
Na conta
De quem chamei
Eles vão pirar de ver BH em L.A

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Andressa Devillo estreia como repórter no Agito na TV na festa do ator Simone Susinna

Publicado

em

De

Andressa Devillo entrevistando o ator Simone Susinna - Crédito da Foto Fotos Nelson Miranda - Divulgação

Andressa Devillo em sua primeira matéria pelo Agito na TV, cobrindo o aniversário do ator Simone Susinna. o ator escolheu o Brasil pra comemorar seus 30 anos em grande estilo na casa Sphera Lounge, localizado no Jardins.

A festa contou com várias celebridades, e entre os convidados, Andressa pode entrevistar a ex-BBB Key Alves, Amanda Souza e Verônica Brito do Casamento às Cegas 2, as cantoras Ingrid e Erica Mantovani, Michelle Heiden – Miss Brasil, Carolina Montemor – Streamer, Isabela Crociolli – Lifestyle, entre outros.

Na ocasião o ator Simone Susinna chegou de Ferrari acompanhado do seu irmão Danilo Susinna, além da companhia do amigo Dr. Viotto, responsável pelas lentes e harmonização facial de vários artistas famosos, inclusive do próprio Simone Susinna.

Andressa Devillo e a Ex-BBB Key Alves - Crédito da Foto Fotos Nelson Miranda - Divulgação

Andressa Devillo e a Ex-BBB Key Alves – Crédito da Foto Fotos Nelson Miranda – Divulgação

“Quando esse homem chegou, confesso que fiquei super nervosa (risos). Ele é mais gato ainda pessoalmente, e eu adoro homem perfumado, com aquele olhar matador, Bah Tchê, só por Deus”, contou Andressa.

Na entrevista com Simone, Andressa perguntou o por que ele escolheu o Brasil para esse momento tão especial do “trintou” e Simone respondeu:

“Desde criança eu tenho uma conexão muito forte com o Brasil. Sinto uma energia peculiar por esse País. Eu amo o jeito como os brasileiros me tratam, e aqui eu me sinto em casa”, relatou o ator.

A entrevista já pode ser conferida no YouTube no canal do Agito na TV, ou basta clicar abaixo:

Aproveitem pra seguir o perfil do Programa Agito e também da repórter no Instagram: @andressadevillo @agitonatv.

Andressa Devillo e Carolina Montemor - Crédito da Foto Fotos Nelson Miranda - Divulgação

Andressa Devillo e Carolina Montemor – Crédito da Foto Fotos Nelson Miranda – Divulgação

Andressa Devillo e Isabela Crociolli - Crédito da Foto Fotos Nelson Miranda - Divulgação

Andressa Devillo e Isabela Crociolli – Crédito da Foto Fotos Nelson Miranda – Divulgação

Amanda Souza, Andressa Devillo e Verônica Brito - Crédito da Foto Fotos Nelson Miranda - Divulgação

Amanda Souza, Andressa Devillo e Verônica Brito – Crédito da Foto Fotos Nelson Miranda – Divulgação

Continue lendo

Entretenimento

Revelado por projeto da CausArt, MC JL grava cenas do seu primeiro filme no Cinema

Publicado

em

De

Jovem foi o vencedor do festival de música Causando Arte,realizado em 2022 dentro do Projeto Escola Aberta em Senador Canedo

O prodígio MC JL deu outro passo importante na sua carreira artística nas últimas semanas ao gravar sua primeira participação como ator no filme “Inevitável”, média metragem dirigido por Jonathas Veloso e com produção de Eduardo Rosário. O pequeno rapper é um talento revelado pela CausArt, Organização Não Governamental dirigida pelo cantor, ator e produtor cultural Donato no Relato, que em 2022, vencedor do festival de música Causando Arte, que foi realizado em 2022 dentro do Projeto Escola Aberta em Senador Canedo.

Entre os prêmios conquistados por MC JL, estava a gravação de um clipe com MC Danielzin, concretizado na canção “Tem que Estudar”. Agora, os dois novamente contracenam juntos na produção cinematográfica. Donato fala com orgulho da trajetória de JL, o primeiro perseverante da CausArt, que tem como propósito mostrar às crianças da periferia, que sonhos são possíveis.

A iniciativa inédita em Senador Canedo foi a primeira da instituição CausArt, com o objetivo de despertar entre as crianças e adolescentes a importância da arte na construção do caráter de cada uma delas. “Ver o brilho nos olhos deles é o que motiva esse trabalho social, que só está começando”, declara Donato, ao lembrar que o jovem já ganhou seu primeiro cachê trabalhando como artista.

MC JL já tem clipe gravado da música “Tem que Estudar” , escrita por Donato em parceria com o músico Dayran. A história reflete sobre a importância da escola na vida das crianças e foi gravada com MC Danielzin, filho do rapper. O clipe teve também a contribuição dos alunos da Escola Municipal Abdon Ferreira de Carvalho, em Senador Canedo, que serviu de cenário.

Continue lendo

Entretenimento

Davy Klaus: O artista que moldou sua trajetória musical através da conexão com a alma e o amor pela música

Publicado

em

De

Por Isabela Oliveira, Jornalista

Davy Klaus, uma figura marcante no cenário musical brasileiro, tem sua trajetória moldada desde o início em um lar cristão, onde a música sempre foi mais do que uma expressão artística, era uma extensão da alma. Com uma voz que encanta e uma carreira que transcende fronteiras, Davy compartilha suas experiências e sua paixão pela música.

O início de sua jornada musical remonta à juventude, quando aos 13 anos de idade, Davy começou a cantar profissionalmente, inspirado pelo apoio caloroso de sua saudosa avó e seus pais. Desde então, sua agenda nunca deixou de estar movimentada, marcando presença nos grandiosos congressos das assembleias de Deus no estado do Rio de Janeiro, além de performances emocionantes em casamentos e formaturas.

Davy Klaus não é apenas um cantor, é um artista que busca aperfeiçoamento constante. Durante um período, dedicou-se a aulas de técnica vocal com a renomada cantora Raquel Mello, e encontrou inspiração em ícones musicais como Whitney Houston, Mariah Carey, Jennifer Hudson e David Phelps.

Ao ser questionado sobre seu estilo musical, Davy se autodefine como eclético. Sua escolha de músicas reflete não apenas um gosto pessoal, mas uma conexão emocional profunda. Nos seus álbuns, ele gravou canções que o impactaram, garantindo que cada nota transmita autenticidade. Em seus vídeos cover, seja em igrejas ou eventos, Davy imprime sua interpretação única, recusando-se a imitar outros artistas. Decorando as letras, ele as interpreta à sua maneira, destacando sua verdade artística.

Aos 20 anos, Davy Klaus lançou seu primeiro CD solo, uma obra que o levou a viajar pelo Brasil e pelo exterior, divulgando sua música. Em 2008, realizou sua primeira turnê na Europa, apresentando-se em locais como Barcelona, Bélgica, Suíça e Portugal.

Oito anos depois, em 2010, Davy surpreendeu seu público com o lançamento de “Somente Um”, um CD eclético e oposto ao seu trabalho anterior. Com regravações significativas, como ‘Adoração’ de Gastão Martins e o clássico ‘Tu és Fiel’, o álbum contou com participações especiais das talentosas Kelly Blima e Beatriz na emocionante música ‘Amigo Certo’.

Além de sua carreira solo, Davy Klaus desempenhou papéis importantes nos bastidores da música gospel. Como assessor artístico de Beatriz e da renomada cantora Shirley Carvalhaes, ele mergulhou nos desafios de organizar agendas e participar de turnês por todo o Brasil.

Hoje, as melodias de Davy estão disponíveis no YouTube e em diversas plataformas digitais, tornando-se acessíveis a um público cada vez mais amplo. Embora não tenha planos imediatos de lançar conteúdo autoral, Davy Klaus já antecipa sua próxima empreitada: uma série de vídeos covers programados para 2024, prometendo continuar emocionando seus fãs com sua voz autêntica e seu talento inigualável. Davy Klaus, uma voz que não apenas canta, mas ressoa nos corações daqueles que têm o privilégio de ouvi-lo.

Continue lendo

Destaque