Conecte-se Conosco

Cultura

Polly Marinho interpreta psicóloga em comédia disponível nos cinemas

Publicado

em

Conhecida por papeis em novelas como Caminho das Índias, Orgulho e Paixão, Malhação ID e I Love Paraisópolis, Polly Marinho, no ar em “Dono do Lar” no Multishow, é a personagem Ausônia no filme TPM! Meu Amor, disponível nos cinemas. A comédia, que tem Paloma Bernardi no papel da enfermeira Monique, retrata de forma divertida as mudanças de personalidade das mulheres nos dias que precedem a menstruação.

Ausônia é uma psicóloga que tenta fazer com que Monique entenda que a montanha-russa emocional em que ela vive não se resume às alterações hormonais do ciclo menstrual, mas com as coisas que a enfermeira engole no dia a dia, quando não se expressa abertamente. “Eu faço terapia, eu amo terapia, eu acredito na terapia. Então fazer essa psicóloga foi bem divertido. Eu me inspirei 100% na minha psicóloga, que é uma mulher negra, chiquérrima”, conta Polly.

Para a atriz, o trabalho é um marco importante. “Tenho um grande carinho por essa personagem. Foi o meu primeiro trabalho depois da pandemia, quando ficamos dois anos sem trabalhar, fui chamada pra esse filme e a gente gravou no lockdown em São Paulo. Foi bem difícil, mas a gente conseguiu”, celebra. 

O elenco de TPM! Meu Amor conta ainda com Maria Bopp, Marisa Bezerra, Teca Pereira, Bárbara Luz, Iara Jamra, Tania Alves, Jang Sin, Rafael Zulu, Rafa Maia, Norival Rizzo, Maurício de Barros e Eduardo Pelizzari. 

Polly também está nas telas com “Desapega!”, com Glória Pires e Maisa, como Sylvia, uma personagem super consumista que está passando por uma transição capilar e compra laces compulsivamente; na série “Eleita”, no Prime Video, como Teresa, que narra o período eleitoral onde a personagem é a única funcionária sensata do gabinete; e na “A Ponte”, na HBO Max, onde os participantes precisam cooperar com outros famosos e anônimos para que eles consigam construir uma ponte de 500 metros sobre a água, que levará um felizardo ao prêmio, que pode ou não ser dividido com os seus colegas de equipe.

Saiba mais em https://www.instagram.com/pollymarinho1/

 

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Estrela Do Terceiro Milênio É Campeã De 2024 Do Grupo De Acesso 1

Publicado

em

De

No Jubileu de Prata da escola, ano de comemoração dos 25 anos de fundação, a Milênio trouxe novamente o caneco para o Grajaú e garante a vaga para o grupo Especial em 2025.

Com o tema “Vovó Cici conta e o Grajaú canta: o mito da criação”, desenvolvido pelo carnavalesco Murilo Lobo, a agremiação apresentou na passarela do samba o enredo afro-religioso inspirado como a griô Cici de Oxalá conta para as crianças como os orixás criaram o mundo em que vivemos, através da mitologia iorubana. De forma lúdica, alegre e muito colorida, a Milênio passou leve e pulsante na Avenida ao ritmo da bateria Pegada da Coruja, conduzida pelo mestre Vitor Velloso.

“Fizemos um trabalho intenso e muito focado para retornar ao Especial. Optamos por um enredo emocionante e vovó Cici é muito encantadora e conquistou nossa comunidade e o mundo do Carnaval. Estamos felizes demais e o Grajaú também. Agora para o ano que vem contamos com todo povo do Grajaú para chegarmos pesado no Especial. Lembrando que nossas fantasias são gratuitas para alas e composições de alegorias e ensaios”, conta Silvão Leite, presidente e fundador da escola. Esse ano o projeto de Carnaval contou com a Lei de Incentivo à Cultura Pronac 231927.

Além da comunidade que empolgou o público, destaque para samba-enredo, trilha sonora interpretado por Grazzi Brazil e Darlan Alves que empolgaram o Anhembi e convidaram o público a cantar com os componentes durante o desfile. Esse é o 7° título da história da agremiação. Quem não viu o desfile pode rever pelo YouTube da LigaSP no link: https://www.youtube.com/watch?v=shLLEMMelyo&t=6s

Continue lendo

Cultura

Quem é Vandeuarley? O secretário de finanças integradas do Clube Nacional de Artistas do Brasil, que está ganhando destaque

Publicado

em

De

Vandeuarlei de Jesus Cardoso, mais conhecido como Vandeuarley, nasceu em 25 de setembro de 2002, em Tanque Novo, Bahia. Este talentoso artista musical, rapper, ator e compositor brasileiro tem conquistado os holofotes desde muito jovem. Hoje, ele se destaca como secretário de finanças integradas do Clube Nacional de Artistas do Brasil, trazendo uma abordagem inovadora para estabilizar as finanças da organização.

Sua trajetória começou aos 15 anos, e aos dezoito, já se destacava no cenário artístico. A parceria com Arlyson Gomes, seu amigo e colega no Clube Nacional de Artistas, impulsionou sua popularidade, marcando uma fase de grande sucesso em sua carreira. Entre seus hits estão “Deixa Eu Cantar” (2019), “Como a Motoca Fazem?” (2020) e “Simone” (2021), consolidando-o como um dos artistas mais reconhecidos de Tanque Novo, Bahia.

Vandeuarley não se limita apenas à música. Ele também é reconhecido por suas atuações teatrais e pela capacidade de envolver o público em suas performances. Além disso, sua presença nas redes sociais, especialmente no Instagram, tem gerado uma base de fãs dedicada e crescente.

Formado pelo Colégio Estadual de Tanque Novo e pelo Instituto Saber Consciente, Vandeuarley traz consigo não apenas talento, mas também uma visão estratégica para a gestão financeira do Clube Nacional de Artistas. Sua proposta de um sistema colaborativo de arrecadação de taxas demonstra seu compromisso em levar a organização a novos patamares de sucesso e estabilidade financeira. Com Vandeuarley à frente das finanças, a gestão de Arlyson Gomes alcança um novo nível de excelência e eficiência dentro do clube, solidificando ainda mais sua posição como um dos principais pilares do cenário artístico brasileiro.

Continue lendo

Cultura

Theatro Municipal do Rio de Janeiro: Visão de Futuro

Publicado

em

De

A Arte do Ballet Toca a Realidade das Escolas Públicas do Rio

Mais de 1200 alunos de escolas públicas do Rio de Janeiro vibram com o universo fascinante da dança clássica, assistindo, gratuitamente, ao espetáculo “O Corsário”, no Theatro Municipal.

A récita, exclusiva, recebe centenas de alunos de 30 escolas das redes estadual e municipal, e trata-se de uma iniciativa que integra o Projeto Escola; um programa do Setor Educativo do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, com o apoio da Petrobras.

O Projeto Escola busca tornar a arte – mais especificamente o ballet e a ópera do Theatro Municipal – acessível e inspiradora para milhares de crianças e jovens de comunidades menos favorecidas, promovendo a educação cultural e a inclusão social.

Continue lendo

Destaque