Conecte-se Conosco

Negócios

Prazo para declaração de IRPF e DASN termina na quarta-feira, e percentual de MEIs irregulares preocupa

Publicado

em

Segundo a plataforma MaisMei, somente em sua base de cadastros, mais de 80% dos microempreendedores individuais estão com a Declaração Anual em atraso

O próximo dia 31 de maio é a data limite para que os brasileiros enviem suas declarações de Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) e Declaração Anual do MEI (DASN-SIMEI). A segunda está ligada ao CNPJ dos microempreendedores individuais (MEI) e é obrigatória para que seus rendimentos do ano anterior sejam declarados e a empresa se mantenha regular. Ela não tem relação com a declaração do IRPF, que deve ser feita de forma obrigatória pelo MEI somente em casos específicos: se teve rendimentos tributáveis superiores ao valor de R$ 28.559,70 no ano anterior; vendeu mais de R$ 40 mil em ações ou teve lucro com a venda de ações; ou recebeu rendimentos isentos (como saque da poupança ou do FGTS) superiores a R$ 40 mil e operações sujeitas à incidência do imposto.

Apesar dessas regras, é interessante que o MEI faça as duas declarações mesmo quando não há obrigatoriedade. É o que sugere Kályta Caetano, head de Contabilidade da MaisMei, plataforma especializada na abertura e gestão de MEIs. “A recomendação para que o MEI faça sempre a sua declaração de IRPF está ligada à possibilidade de o rendimento gerado pela sua empresa MEI seja sua única fonte de renda. Isso mostra às instituições financeiras como você administra o dinheiro do seu negócio, o que pode aumentar seu score e a probabilidade de conseguir melhores empréstimos”, afirma.

A menos de uma semana, porém, a parcela de microempreendedores individuais que se encontram irregulares preocupa. Um levantamento feito pela MaisMei em sua base de 1.572.221 CNPJs cadastrados mostra que 80,2% – mais de 1 milhão e 200 mil MEIs – estão com a DASN em atraso por um ano ou mais. Apenas 311.378 se encontram regulares.

Kályta Caetano faz um alerta sobre as implicações da falta de regularização. “Além do pagamento de multas e outras penalidades por parte da Receita Federal, corre-se o risco de o CNPJ ser baixado (cancelado) por ato administrativo e, consequentemente, o responsável pode perder benefícios previdenciários e outros como auxílio-doença”, explica.

Vale lembrar que a DASN está vinculada ao CNPJ do MEI e tem como objetivo informar o que a microempresa faturou no ano anterior. A declaração é obrigatória mesmo que não tenha havido nenhum faturamento no período e é importante para garantir que a empresa ainda se enquadra na modalidade de Microempreendedor Individual, ou seja, não ultrapassou o teto de faturamento de receita bruta anual de R$ 81 mil.

A entrega da Declaração Anual do MEI 2023 é feita de forma online e gratuita pelo Portal do Simples Nacional. A plataforma auxilia o usuário através de um passo a passo. Já pelo aplicativo MaisMei, é possível fazer a declaração de forma otimizada e segura. Basta preencher um formulário com as informações do seu negócio e aguardar o time de especialistas enviar o comprovante de entrega da declaração.

Mas e o IRPF?

Quando a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física é obrigatória ao MEI, o primeiro passo é calcular a receita bruta obtida pela microempresa no ano anterior e subtrair todas as despesas relacionadas ao negócio para chegar ao lucro evidenciado. Depois, é necessário aplicar sobre a receita bruta os seguintes percentuais para calcular a parcela isenta de Imposto de Renda:

8% da receita bruta para comércio, indústria e transporte de carga;
16% da receita bruta para transporte de passageiros;
32% da receita bruta para serviços em geral.

Após o cálculo, o responsável pelo CNPJ MEI deve preencher o valor da parcela isenta na seção “Rendimentos Isentos — Lucros e Dividendos Recebidos pelo Titular” e calcular a parcela tributável do lucro (rendimento tributável), subtraindo o lucro evidenciado da parcela isenta. Por fim, deve preencher o valor da parcela tributável na seção “Rendimento Tributável Recebido de PJ”.

De acordo com a MaisMei, os valores deduzidos do cálculo do imposto, quando recolhidos em valores acima do devido, são sempre restituídos e o contribuinte tem a opção de escolher qual a declaração mais vantajosa para ele no momento em que está declarando. Qualquer contribuinte pode optar pelo desconto simplificado. Porém, após o prazo para a apresentação da declaração, não será admitida a mudança na forma de tributação da declaração já apresentada.

Na declaração simplificada, é calculado automaticamente um desconto de 20% sobre os rendimentos tributáveis.

Já na declaração completa, é possível abater gastos como pensão alimentícia, despesas médicas e previdência privada. Esse caso é bom pra quem tem muita despesa e pode comprová-las através dos recibos.

Negócios

Celebrando o mês das noivas: a importância do bolo de casamento e a arte do cake Design

Publicado

em

De

Curso oferece formação adequada para atuar nesse promissor mercado

Maio é um mês marcado por amor e celebrações, pois é tradicionalmente conhecido como o “mês das noivas”. Neste período, os casais planejam cada detalhe de seu grande dia e um elemento essencial que não pode faltar é o bolo de casamento. Por trás dessas obras de arte está a habilidade e criatividade do cake design, profissionais que transformam sonhos em realidade.

Mais do que uma simples sobremesa, o bolo de casamento é um símbolo de união e amor entre o casal. Desde tempos antigos, ele tem sido uma peça central nas festividades matrimoniais, muitas vezes decorado com símbolos de sorte e prosperidade.
Selecionar o bolo de casamento perfeito é uma tarefa que demanda tempo e cuidado. Os noivos desejam que o bolo reflita sua personalidade e estilo, além de harmonizar com o tema da cerimônia. Aqui é onde entra o talento do cake design, profissionais eficientes da confeitaria.

O cake design é uma arte que combina habilidades técnicas com criatividade. Profissionais dessa área dominam técnicas de confeitaria avançadas para criar bolos que impressionam não apenas visualmente, mas também pelo sabor.

“O bolo de casamento é uma parte importante e precisa ser pensado em todos os detalhes” relata Glaucio Athayde, CEO do Instituto Gourmet Brasil.

O Instituto Gourmet destaca-se como a maior rede de franquias especializada em cursos de gastronomia no Brasil. A instituição oferece uma oportunidade única para empreendedores aprimorarem suas habilidades e transformarem sua paixão em uma carreira de sucesso. Dentre os cursos oferecido pela rede está o Cake Designer, que abrange desde técnicas básicas até avançadas. Com isso, os participantes adquirem o conhecimento necessário para criar bolos e doces impressionantes e deliciosos. “No decorrer do curso, são ensinadas todas as técnicas essenciais para que os profissionais possam se destacar nesse segmento”, conclui Glaucio.

Para saber mais acesse: https://institutogourmet.com/cursos/cake-designer/

Continue lendo

Negócios

Advogada Gaúcha – Tatiana Tavares Fracasso – lança Canal no YouTube com Conteúdos Jurídicos

Publicado

em

De

Tatiana Tavares Fracasso, advogada gaúcha determinada, aguerrida e forte. Com 47 anos de idade, casada e mãe de três filhos, tem expandido sua atuação profissional de forma significativa nos últimos anos. Formada em Direito pela UNISINOS (Universidade do Vale do Rio dos Sinos) e pós-graduada em Direito Previdenciário pela ESMAFE (Escola Superior da Magistratura Federal de Porto Alegre) e em Direito de Família e Sucessões pela UCS (Universidade de Caxias do Sul), Tatiana tem se destacado na área jurídica, especialmente em Bom Princípio, onde fundou o escritório Tavares e Fracasso Advocacia.

Há mais de 12 anos atuando na profissão, Tatiana sempre demonstrou comprometimento com o direito das mulheres, sendo uma figura ativa no Conselho dos Direitos das Mulheres em sua cidade. No entanto, a advogada resolveu ampliar seus horizontes em 2020, iniciando um trabalho remoto que lhe permitiu atender clientes de todo o Brasil. A pandemia de COVID-19 acelerou essa transição para o mundo digital, uma mudança que Tatiana considera um marco transformador em sua carreira.

“Percebi um mundo de oportunidades e que posso alcançar e ajudar muitas pessoas”, afirma Tatiana. Com essa visão, ela decidiu lançar um canal no YouTube, no qual semanalmente abordará diversas áreas do direito, oferecendo conteúdos práticos e objetivos. “Meu maior propósito é ajudar pessoas, e isso é extremamente gratificante”, explica. A advogada também pretende compartilhar dicas para outros profissionais que desejam se inserir no mundo digital e alavancar suas carreiras.

Tatiana enfatiza que sua profissão lhe permite resolver questões familiares complexas e ajudar clientes a conquistarem a aposentadoria desejada, tanto no âmbito do direito de família quanto no previdenciário. “Sou comprometida com meu trabalho e apaixonada pela minha profissão”, declara.

Para acessar os conteúdos de Tatiana Tavares Fracasso, os interessados podem seguir seu perfil no Instagram @tatianatavaresfracasso (https://instagram.com/tatianatavaresfracasso) e seu canal no YouTube Tatiana Tavares Advogada.

Continue lendo

Negócios

“Quem lê e escreve a própria história, voa”, inspira a Economista, Michelle Barbosa

Publicado

em

De

Nesta série de entrevistas que homenageia as mulheres do nosso país, entrevistamos a economista roraimense Michelle de Oliveira Barbosa. Nascida em abril de 1988, lançou recentemente um livro independente voltado para estudantes e pesquisadores. O livro Técnicas de Pesquisa e Escrita, oferece orientações práticas desde a preparação de monografias até a elaboração de teses de doutorado.

Na entrevista concedida, a pesquisadora fala da história da sua carreira e como esse trabalho é importante para o nosso país. Com mais de uma década de experiência como economista no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR), Michelle explica sobre a importância de um bom profissional da área em uma instituição de ensino. Unir a economia, a educação e a metodologia do ensino foi um grande aprendizado.

 

“A Economia é uma área que pode ser um instrumento para melhorar socialmente a vida das pessoas. Busca-se entender quais são os problemas econômicos, sociais e políticos e, assim, é possível fazer projetos, elaborar políticas que visem a solucionar essas questões e promover um país mais próspero e justo. Percebi que ser economista é dar uma contribuição para que se tenha um desenvolvimento do país, construir uma história genuína e deixar um legado para gerações. Inspirar outras histórias de vida, de crescimento e de sucesso faz parte do meu propósito.

Quando percebo que minha jornada na pesquisa, escrita, publicação de artigos e outros trabalhos pode contribuir de alguma forma para a melhoria da sociedade, considero isso um avanço importante. É isso que me motiva. Busco dar essa contribuição para a sociedade. Às vezes, é um um pequeno passo em um conjunto de contribuições, de melhorias, mas busco fazer a minha parte como economista nesse lado social, compartilhando meus conhecimentos junto com minha trajetória de vida”. Comenta Michelle!

 

Michelle também está expandindo sua atuação educacional através do desenvolvimento de cursos online de desenvolvimento pessoal e profissional. Com especialização em Metodologia do Ensino na Educação Superior, mestra em Desenvolvimento Regional da Amazônia e atualmente doutoranda em Ciências do Meio Ambiente e Sustentabilidade, Michelle possui uma sólida trajetória acadêmica e profissional. Além de seu trabalho como economista, ela já ocupou cargos de gestão no IFRR e colaborou com projetos do Instituto Federal do Amazonas (IFAM). Michelle também contribuiu para a academia com a publicação de capítulos de livros na Editora UFRR e artigos científicos em revistas internacionais. Agora, decidida a compartilhar seu conhecimento adquirido ao longo de sua carreira acadêmica, ela lança seu primeiro livro independente, oferecendo insights valiosos e práticos para estudantes e pesquisadores.

Saiba mais sobre a especialista no link abaixo!
https://www.instagram.com/michelleo.barbosa?igsh=cjY5M285b2piZ21m

Continue lendo
Propaganda

Destaque